Algumas ideias concretas sobre a motivação | LG Basquet Brasil Versão em espanhol
LG Basquet Associação LG LG Basquet ch
Algumas ideias concretas sobre a motivação

Algumas ideias concretas sobre a motivação

Dicas para se levar aos treinos de mini basquete. No processo de aprendizagem, o esforço não requer um sacrifício se há interesse. A paixão é o interesse na sua máxima expressão.

A dimensão emocional, faz alguns anos, está ganhando terreno no campo do ensino e da aprendizagem. A ideia que “Sem vínculo não há aprendizagem, que para ser efetivo necessitamos formadores afetivos” toma força. E isso é encorajador, sem dúvidas.

Neste sentido, a motivação passa a ser um indicador que dialoga com outras dimensões no amplo leque de saberes, que necessitamos para ensinar às crianças a jogar o mini basquete.  

II Congresso Internacional de Mini Basquete LG

A complexidade dos treinos se caracteriza pela multidimensionalidade (aspectos vinculares, expressivos, conceituais, técnicos, perceptivos, motores), a simultaneidade (as dimensões ou aspectos do jogo se apresentam ao mesmo tempo) e com uma demanda imediata: o jogo “te leva posto”.

Por um lado, está a frase repetida “às crianças de hoje não lhes interessa nada” ou “as crianças de hoje têm menos valores que as de antes”. Como ponto de partida, me parece perigoso, equivocado e sem sentido. Como consequência desses juízos prévios colocamos sob tensão a relação entre o interesse e o esforço. Claramente, aprender requer um esforço, se não há interesse é difícil conseguir o esforço necessário. Entretanto, o esforço não requer um sacrifício se há interesse. A paixão é o interesse na sua máxima expressão.

Algumas ideias para melhorar a motivação:

- Gerar um clima relaxado nos treinos.

- Oferecer a possibilidade da escolha.

- Não permitir críticas negativas ou burlas na quadra, nem da parte do docente, nem dos jogadores.

- Encorajar o trabalho e as conquistas em equipe.

- O nível de instrução deve oferecer um nível de desafio médio, encontrar o equilíbrio entre desafios e possibilidades.

- Ajudar às crianças a avançar desde sua singularidade, respeitando saberes prévios e tempos de aprendizagem.

- Focar no processo e não nos resultados.

- Não elogiar o talento, senão o esforço.

- Focar no positivo.

- Ajudar para que os alunos se auto corrijam.

- Transmitir aprendizagens que sejam significativas, que tenham sentido e se vinculem com o jogo real.

- Somar a meta cognição como recurso de retroalimentação: O que aprendemos hoje? Para que nos serviu? O que gostaram mais?

Para colocar em ação

1- Marcar com um “x” qual ou quais das ideias anteriores são habituais nas suas aulas.

2- Ordenar as afirmações que você marcou de 1 a 5, levando em conta que o número 1 é a forma na qual você se sente melhor ensinando.

3- Esta sessão de fechamento deixo para que reflita e incorpore às suas mediações didáticas, essas estratégias motivacionais que você considera que podem agregar valor a seu trabalho.

Conclusão

Para concluir esta visão do impacto concreto da motivação como elemento chave para acompanhar os processos de ensino e de aprendizagem, desafio vocês a pensarem nestas visões:

- O poder do ainda, quando um jogador ou jogadora diga “não consigo”, “não posso fazer”. Agregue a palavra AINDA. “AINDA você não consegue”. “AINDA não pode fazer”.

- Como imagina seus treinamentos se você focar seus elogios no “fazer” e não no “ser”? Anima a mudar o “você muito talentoso” pelo “me encanta como você se esforça”?

Por Juan Lofrano

Tradução: Filipe Ferreira

Suscribite al Newsletter LG

NOVEDADES

Curso: O desenvolvimento técnico no mini basquete
Curso: O desenvolvimento técnico no mini basquete

Cada fundamento é trabalhado detalhadamente a partir de situações aplicadas e suas transferências à quadra de jogo.

Aprender jogando ou jogar com o aprendido?
Aprender jogando ou jogar com o aprendido?

Um debate característico do mini basquete e, porque não, do esporte infantil. O treinador Pablo Genga vai em busca de uma possível resposta.

II Congresso Internacional de Mini Basquete LG
II Congresso Internacional de Mini Basquete LG

Com a presença do professor Julio Lamas, acontecerá o II Congresso Internacional de Mini Basquete, no sábado, dia 23 de outubro. Conversaremos sobre a gestão do talento e as tendências de jogo, entre outros temas.

Algumas dicotomias para serem revistas
Algumas dicotomias para serem revistas

As posturas antagônicas no ensino dos esportes de equipe têm dominado a cena. É o momento de indagar suas origens e abrir o debate.

LG WhatsApp LG Telegram LG Facebook LG Instagram LG Twitter LG YouTube LG Spotify
© Copyright BASQUETLG - 2021